Doente ou
Sobrevivente.
Deixe-nos o seu contacto ENVIAR CONTACTO

EM DESTAQUE

Através da beneficiação da consignação de 0,5% IRS

APLL convida portugueses a dar um “salto” no apoio à associação

Sob o mote “Está na hora de dar o salto”, a iniciativa conta com o apoio da ginasta portuguesa Filipa Martins, que alcançou o sétimo lugar com o primeiro diploma mundial nos jogos mundiais do Japão em 2021. O contributo através da consignação do IRS pode ser feito com a indicação do NIF – 505 234 980 – no preenchimento do Quadro 11 da declaração.

Garra de uma atleta ímpar para um bem maior

Agora, a atleta dá mais “um salto” sendo o rosto da campanha da APLL. “É com enorme orgulho que me associo a uma causa tão nobre, procurando contribuir para o trabalho que a associação desenvolve diariamente”.

“A força, resiliência e espírito vencedor da Filipa são precisamente os valores que queremos transmitir no quotidiano do nosso trabalho. Só assim é possível recuperar e superar os desafios que enfrentamos”

DOENÇAS MALIGNAS DO SANGUE

O que são doenças do sangue?

As doenças do sangue estão associadas com alterações nas células, nomeadamente os  glóbulos brancos, glóbulos vermelhos ou plaquetas.

– Os glóbulos vermelhos transportam oxigénio para todo o corpo.

–  Os glóbulos brancos ajudam a combater infeções.

– As plaquetas ajudam a coagular o sangue.

Todas as células sanguíneas são formadas na medula óssea, que se encontra no interior dos ossos. A medula óssea também pode ser afetada por alterações celulares.

As doenças do sangue e da medula óssea são diagnosticados quando o nível de algumas células do sangue está muito baixo ou muito alto, ou as células do sangue são anormais. As células sanguíneas que não podem realizar suas funções normais podem afetar toda a sua qualidade de vida.

As doenças do sangue e da medula óssea podem ser benignas ou malignas (cancerosas).

As doenças malignas do sangue mais frequentes são os linfomas, as leucemias, o mieloma múltiplo e outras menos frequentes como a síndrome mielodisplásica e outros síndromes mieloproliferativos.

Nota: As  principais fontes de informações para esta introdução foram o Registo Oncológico Nacional (RON), Doenças Oncológicas em números –DGS e  GLobocan.  Outras fontes de dados foram consultadas para completar as informações recolhidas  sobre algumas  doenças do sangue.

Nos últimos 20 anos, os novos conhecimentos sobre as doenças malignas do sangue, levaram ao desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico e tratamentos, que tem levado a uma maior esperança de controlo/cura para os doentes.

Informações básicas sobre as doenças malignas do sangue mais frequentes são fornecidas em cada uma das seções a seguir. Se necessitar de mais informação contacte-nos e fale também com os profissionais de saúde.

Testemunhos

TESTEMUNHOS

A doença em palavras

DO DIAGNÓSTICO AO TRATAMENTO

Despertar para a doença

A série que quer tratar a leucemia e o linfoma por tu

Com o apoio de:

ABBVIE