Quimioterapia

banner_pagina_radioterapia

Em que consiste:

  • Utiliza fármacos com capacidade de interferir diretamente na
    multiplicação celular, inibindo-a e causando a destruição das células malignas.
  • Os fármacos utilizados na quimioterapia são cada vez mais seletivos, atuando seletivamente
    nas células cancerígenas.
  • Os fármacos são administrados por diversas vias: oral, intravenosa, intramuscular, subcutânea.
  • Alguns efeitos adversos destes tratamentos são a queda de cabelo, diarreia, náuseas,
    vómitos e diminuição das defesas do organismo.

“As memórias que ainda persistem das angústias, das incertezas diagnosticadas, das agruras da quimioterapia e das queimaduras da radioterapia transformaram-se num fermento que leveda de forma ímpar e reconfigura as relações que se estabelecem e as paisagens naturais e humanas que se entrevêem no respingar dos dias.” Pedro, 33 anos, Linfoma de Hodgkin aos 22 anos

Saiba como pode ajudar os doentes da APLL